Shop More Submit  Join Login
×

:icongcobain: More from gcobain


More from deviantART



Details

Submitted on
September 8, 2010
File Size
745 bytes
Link
Thumb

Stats

Views
122
Favourites
2 (who?)
Comments
2
×
Noite quente,
Hoje sinto-me inconsciente,
Aprisionado no teu mar,
Sem mão para me salvar.

Agora ela sente o desejo,
E o mal eu prevejo,
Nesta vasta montanha
Onde a dor se entrenha.

Queria ser linear,
E com asas acordar e voar,
Mas rastejo nesta estrada
Até ao meu ouvido soar a badalada.

Hoje para ela sou doce calor,
Amanhã o seu horrível tumor,
Porque éfemera é a sua voz,
Despedaçando-me de um modo tão atroz.

Estava bem com ela aqui,
Por momentos ceguei e nada senti,
Juro que não merecia tamanha dor!
Que me deixou inerte e incolor!
Gonçalo Cardeira © 2010
:icongpj252:
gpj252 Featured By Owner Sep 9, 2010  Hobbyist Writer
muito bom
:clap: :clap: :clap:
Reply
:icongcobain:
gcobain Featured By Owner Sep 10, 2010  Student Writer
Obrigado :)
Reply
Add a Comment: